ASSU NET

ASSU NET

Rádio Princesa do Vale

Acompanhe a Rádio Princesa do Vale ao Vivo

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Osvaldo Trigueiro Filho é aclamado como novo presidente do Alecrim.

O novo presidente do Alecrim, o comerciante Osvaldo Trigueiro Filho, e o vice-presidente, Francisco Valério, foram empossados nesta segunda-feira na sede do clube, no bairro do Alecrim, na zona Leste de Natal. O mandato da nova gestão será para o biênio 2016/2017 e começa a valer a partir de 1º de janeiro do próximo ano. Os novos membros do Conselho Deliberativo também foram definidos, tendo João Bosco como presidente, Ubirajara como vice-presidente e Ivanildo Rodrigues como secretário.
Alecrim - Osvaldo Trigueiro Filho e Francisco Valério (Foto: Diogenes Baracho/Divulgação) 
Osvaldo Trigueiro Filho e Francisco Valério foram aclamados
no Alecrim (Foto: Diogenes Baracho/Divulgação)

Com a responsabilidade de assumir o comando administrativo de um dos clubes mais tradicionais do Rio Grande do Norte, Osvaldo conversou com oGloboEsporte.com e disse que não vai medir esforços para levar o Esmeraldino ao título estadual em 2016, que não é conquistado desde o bicampeonato de 1985 e 1986. Mas, o novo presidente lembrou que a história do clube centenário deve ser preservada com muito cuidado. A atenção é com algumas dívidas que chegam a mais de R$ 100 mil. Outros valores de acertos trabalhistas ainda não foram contabilizados. Estamos montando equipes de trabalho para arrecadar fundos. Temos alguns obstáculos para superar e precisar de união neste momento. Nós temos alguns débitos, as certidões negativas estão em processo de regularização. Se fôssemos calcular, a dívida do Alecrim com a Receita Federal não chegaria a R$ 100 mil, que é um valor administrável. Mas, temos algumas pendências trabalhistas que ainda estão sendo calculadas - revelou o novo presidente.
RN - nova presidência do Alecrim - Ubirajara Holanda, Osvaldo Trigueiro, Francisco Valério e João Bosco (Foto: Diogenes Baracho/Divulgação) 
Novos membros do Conselho Deliberativo e Executivo
do Alecrim (Foto: Diogenes Baracho/Divulgação)
Futebol mais forte
A primeira meta do novo presidente do Alecrim é colocar uma equipe em nível de disputar o título do Campeonato Potiguar 2016. O planejamento está avançado e até a quarta-feira o nome do novo treinador deve ser anunciado. Três profissionais estão em análise, mas um deles estaria "90% acertado", segundo Osvaldo Trigueiro Filho. Na área de futebol, temos três nomes para comandar o futebol, mas estamos acertados com um grande profissional. Chegamos a um acordo em cerca de 90% e até a quarta-feira deveremos anunciar o nosso treinador. Vamos entrar com um plantel de médio a forte, com a possibilidade de brigar pelo título estadual. A nossa ideia é manter uma equipe competitiva, mas ainda não sei se teremos um tempo para formar essa equipe em 2016. No entanto, dependendo de algumas negociações que estamos em curso e do desempenho da equipe na competição, poderemos ver o Campeonato Potiguar com bons olhos - planejou. Sem o "Ninho do Periquito", em São Gonçalo do Amarante, o Alecrim vai mandar os jogos no estadual do próximo ano no Estádio Barretão, em Ceará-Mirim. O local foi cedido pelo presidente do Globo FC, Marconi Barretto, que faz parte do conselho deliberativo do Alviverde. Sem gastos com o estádio, o novo presidente quer investir na equipe profissional. Uma parceria com o ex-jogador Mazinho Pernambucano, que atua como empresário de futebol, deve trazer alguns jogadores para compor o plantel alviverde. Outra alternativa é colocar os jogadores formados nas categorias de base do Verdão, por onde Osvaldo trabalhou como coordenador do setor. Acreditamos subir cerca de dez atletas da nossa base, além de juntarmos com alguns talentos do nosso estado e que atuaram por clubes daqui. Outra possibilidade é a chegada de um parceiro, Mazinho Pernambucano, que atuará no departamento de futebol. Terei uma conversa com ele, já que só poderá vir a Natal a partir de janeiro. Ele vai nos ajudar no departamento e talvez possa trazer até oito jogadores de fora do Rio Grande do Norte - contou.

Por Natal

Nenhum comentário:

Postar um comentário