Pedrinho Eletromóveis

Pedrinho Eletromóveis

Rádio Princesa do Vale

Acompanhe a Rádio Princesa do Vale ao Vivo

quarta-feira, 30 de março de 2016


O Globo trocou de treinador nesta quarta-feira (30). O técnico Higor Cesar não resistiu a sequência de resultados negativos do time na Copa Rio Grande do Norte, a segunda fase do Campeonato Potiguar, e foi substituído por Luizinho Lopes. O novo comandante se apresenta ao clube já nas próximas horas. Luizinho Lopes trabalhou como auxiliar técnico de Roberto Fernandes no América – clube em que também trabalhou nas categorias de base – e desempenhou a mesma função no futebol do Cazaquistão – tendo Barata, também ex-companheiro americano como treinador. Ano passado, Luizinho foi considerado o melhor técnico no Brasileiro de futebol para amputados, em competição de paradesporto disputada em São Paulo. Presidente do Globo, Marcone Barretto justifica a saída de Higor César pela ausência de resultados positivos nos últimos jogos: “Empatamos sete jogos. Teve aquela derrota da gente contra o Palmeira que foi demais e de lá pra cá o time não acertou mais, né? Mas, é isso aí vamos com o novo treinador”.

  Luizinho Lopes trabalhou nas categorias de base do América e foi auxiliar de Roberto Fernandes (Foto: Edmo Nathan/ Blog do Mecão)
A derrota sofrida para o Palmeira, citada por Barretto, foi o único triunfo do time que já está rebaixado para a Segunda Divisão do próximo ano. Higor César deixa o time na penúltima posição da Copa Rio Grande do Norte com apenas dois pontos em quatro jogos disputados. Campanha que em nada lembra a do primeiro turno que levou o time a final. Higor Cesar trabalhou no Globo desde o primeiro jogo da história do time disputado em 2013. Na ocasião, ele era auxiliar técnico e chegou ao comando justamente na última partida da equipe na Segunda Divisão Estadual após expulsão do então treinador. Naquele jogo, o escrete de Ceará-Mirim ficou com o título. Desde então, o treinador levou a Águia aos títulos da Copa RN e do primeiro turno do Estadual em 2014, ano em que o time foi vice-campeão no Campeonato Potiguar. Ou seja, em todas as conquistas da equipe, ele esteve presente. De 2013 até hoje, o treinador só não esteve no time durante onze meses – nesse período trabalhou no Santa Cruz.
Por Ayrton Freire/Portal no Ar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário