Pedrinho Eletromóveis

Pedrinho Eletromóveis

Rádio Princesa do Vale

Acompanhe a Rádio Princesa do Vale ao Vivo

sábado, 21 de novembro de 2015

Prefeito Ivan Júnior mais uma vez é vítima de calúnia patrocinada por George Soares e sua turma.

Um fato que se tornou corriqueiro na cidade de Assú é o prefeito Ivan Júnior ter sua imagem denegrida de forma injusta e ser caluniado por pessoas ligadas ao grupo oposicionista liderado pelo Deputado George Soares.
 Estas pessoas, entre elas, um pseudojornalista utilizando Blogs, grupos de Whatsapp, Facebook e outras redes sociais, por trás dos seus computadores e celulares transformam-se em algo que mais parece uma manada coordenada por um parente do deputado, que alegremente pisoteia o bom senso, quebra as regras básicas da profissão e sente-se confortável para deturpar fatos, difamar, cometer calúnias, assassinatos de reputação ou, para copiar erros alheios sem se dar ao trabalho de checagem. Nesta quinta-feira (19), montou mais uma peça e mais uma vez, de forma irresponsável, começou a postar nos blogs e redes sociais manchetes do tipo:
 “IVAN JÚNIOR É ALVO DE INVESTIGAÇÃO CRIMINAL DEFINIDA PELA PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA DO RN”
 “PREFEITO DE ASSÚ É INVESTIGADO PELA PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA DO RN COM POSSÍVEIS IRREGULARIDADES EM CONTRATAÇÃO DE EMPRESA”
 A “Turma da Calúnia” distorceu uma publicação da Procuradoria Geral de Justiça do RN realizada no Diário Oficial do Estado que dava conta do arquivamento de um processo relativo à Procedimento Investigatório Criminal, procedimento este, iniciado em 2012 e provocado por uma das inúmeras denúncias feitas pelo grupo oposicionista contra o prefeito Ivan Júnior.
 O procedimento foi analisado e apurado, ficando comprovado que nenhum crime foi cometido pelo prefeito Ivan Júnior. O processo foi devolvido a 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Assú, para fins de análise e adoção das providências que entender cabíveis, ficando assim encerrada esta denúncia feita pela oposição na esfera criminal.
 Não satisfeitos com a decisão do Ministério Público, entidade constitucionalmente responsável pela fiscalização da Administração Pública e da administração do erário, a “Turma da Calúnia” distorceu a questão nas redes sociais, sabendo que, quando se fala mal de alguém neste ambiente não é tão fácil corrigir e mostrar a verdade real dos fatos.
 Em anexo documento do Ministério Público certificando o arquivamento do procedimento 024/2012.
 
Assessoria de Ivan Júnior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário