TCM hd

TCM hd

sexta-feira, 7 de maio de 2021

FPM: Municípios de todo o país recebem R$ 5,8 bilhões na primeira parcela de maio.

 


Imagem: Ilustração
Os municípios brasileiros partilham na próxima segunda-feira (10), R$ 5,8 bilhões referentes ao primeiro repasse de maio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Nesse montante já está descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).
Em valores brutos, incluindo o Fundeb, o montante é de R$ 7,2 bilhões.
De acordo com os dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), o primeiro decêndio de maio de 2021, quando comparado com o mesmo decêndio do ano anterior, apresentou crescimento de 69,85% em termos nominais - valores sem considerar os efeitos da inflação.
Do total repassado aos municípios, os de coeficientes 0,6 (2.447 ou 43,95% dos entes locais) irão dividir R$ 1,4 bilhão, ou seja, 19,70% do que será transferido, frisa informação do portal eletrônico da Confederação Nacional de Municípios (CNM) na internet.

FONTE: BLOG PAUTA ABERTA.

ASSU 1 X 1 PALMEIRA RN Melhores momentos e gols pelo 2 turno do estadua...

segunda-feira, 3 de maio de 2021

GOLS DE HOJE 02/05 - GOLS DO FANTÁSTICO 02/05 - GOLS DE ONTEM DO FANTÁST...

Zenaide Maia: Relatório é favorável ao piso nacional e às 30 horas para profissionais de Enfermagem.

 


Imagem: Reprodução
A senadora potiguar Zenaide Maia (PROS) protocolou, quarta-feira passada (28), o seu relatório favorável, em forma de substitutivo, ao Projeto de Lei nº 2.564/2020, de autoria do senador capixaba Fabiano Contarato (REDE), que institui o piso salarial nacional para enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, além de parteiras.
No texto, Zenaide Maia defende a valorização salarial desses profissionais que, mesmo antes da pandemia, já enfrentavam longas jornadas sem remuneração adequada e em condições de trabalho não ideais.
Com o advento da COVID-19, a necessidade de definir pisos salariais nacionais teria ficado ainda “mais explícita” e “inquestionável”, na avaliação da parlamentar, ressalta texto elaborado por sua assessoria de comunicação social, no Senado Federal, em Brasília.
FONTE: BLOG PAUTA ABERTA.